Governo da Noruega toma decisão radical: Sem igreja na Arábia, sem mesquita na Noruega

Ministro Jonas Gahr Stor explica ser um contra-senso aceitar financiamento para a construção de mesquitas de um país que não vive a liberdade religiosa

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 13 Novembro de 2014 as 10:24

MesquitaA Noruega passou a proibir a Arábia Saudita de financiar mesquitas, enquanto não permitirem a construção de igrejas em seu país.

A atitude firme do governo norueguês marca um passo importante em defesa da liberdade da Europa frente ao islamismo.

Jonas Gahr Stor, ministro dos Negócios Estrangeiros da altura, decretou que não seriam aceitos os donativos milionários da Arábia Saudita, assim como de empresários muçulmanos para financiar a construção de mesquitas na Noruega.

Por direito, as comunidades religiosas ainda podem receber ajuda financeira, mas, por razões esclarecidas, o governo não vai mais aceitar o financiamento islamico.

"Seria um paradoxo anti-natura aceitar essas fontes de financiamento de um país onde não existe liberdade religiosa. A aceitação desse dinheiro seria um contra-senso", disse Stor, referindo-se às leis de proibição de construção de igrejas de outras religiões que há na Arábia.

O ministro também informou que o assunto será levado ao Conselho da Europa para que a decisão seja defendida.


com informações de www.jornalq.com

 

veja também