Grupo cristão inaugura centro de assistência social para mulheres e idosos na Bahia

Com o projeto, a igreja pretende preencher uma falta no município, que é o apoio às mulheres com dependência química e idosos.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Sexta-feira, 26 Agosto de 2016 as 4:25

A cerimônia de inauguração foi prestigiada por autoridades e representantes da região que aconteceu no dia 20 desse mês. (Foto: ASN).
A cerimônia de inauguração foi prestigiada por autoridades e representantes da região que aconteceu no dia 20 desse mês. (Foto: ASN).

Um grupo cristão inaugurou mais um espaço de apoio e assistência social no Estado da Bahia. Com capacidade para atender 80 pessoas, o ambiente que fica em Vitória da Conquista (cerca de 510 km de Salvador) foi instalado pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA).

O espaço conta com uma unidade do Pró-Vida e atenderá mulheres em situação de dependência química. O local também tem uma filial do projeto Casalar, que servirá de abrigo para idosos. Em cada casa serão atendidas 40 pessoas.

A cerimônia de inauguração, que aconteceu no último sábado (20), foi prestigiada por autoridades e representantes da região. De acordo com informações, a iniciativa deve contar com uma equipe formada por médico, enfermeiro, psicólogo, dentista, fisioterapeuta, cuidadores de idosos, entre outros profissionais. Outra atividade importante no processo de recuperação é a terapia ocupacional.

Miguel dos Anjos Cabral é o coordenador da instituição. Ele comentou sobre a aceitação das pessoas em relação ao projeto. “Estou feliz pela festa e recepção, com apoio da Igreja e da sociedade, que abraçou e comprou a ideia”, disse. Para ele, o centro vai preencher uma falta no município, que é o apoio às mulheres dependentes químicas. “Essas pessoas terão suas vidas transformadas, sendo esta transformação refletida em suas famílias e na sociedade”, declarou.

O enfermeiro e professor em Vitória da Conquista, Caio Souza Costa se postulou como voluntário do projeto. Ele acompanhou o evento e se mostrou empolgado com a iniciativa. “É preciso dar suporte às pessoas no processo de recuperação, e eu me ofereço de alma e coração para esse trabalho”, afirmou.

Transformação de vidas

Luiz Fernando, o gerente regional da ADRA Brasil para Bahia, comemorou as atividades da agência humanitária no interior do Estado. Ele ressalta que o novo centro já começa com pelo menos 10 idosos na expectativa de começarem a ser atendidos. “Vamos trabalhar para atender bem esses idosos, cumprindo todas as reivindicações do Ministério Público para o funcionamento e atentos para um serviço capaz de transformar a vida das pessoas”, pontuou.

Para Fernando, o novo projeto pode incentivar pessoas para o interesse em se tornar parceiras de projetos humanitários dessa natureza. “O Pró-Vida já tem contribuído para muitas pessoas conquistarem uma segunda chance para um recomeço na vida. Agora, com o novo espaço em Vitória da Conquista, ainda mais pessoas terão essa oportunidade. Deixo aqui um apelo para quem desejar participar de um projeto com tamanha capacidade de transformação de vidas, para que entre em contato e participe, como voluntário ou por meio de doações”, finalizou.

veja também