Há um ano, missionários brasileiros saíram da prisão no Senegal, mas aguardam julgamento

José Dilson e Zeneide foram acusados de desrespeitar o islã

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 7 Abril de 2014 as 8:55

Nesse sábado, 5 de abril, completou um ano que os brasileiros José Dilson da Silva e Zeneide Moreira foram soltos da prisão no Senegal.

O caso dos missionários ganhou repercussão na mídia na época. 2% da população senegalesa é declaradamente sunita e o país não está listado na Classificação da Perseguição Religiosa 2014 . Mas então, o que aconteceu?

Os missionários dirigiam um abrigo chamado 'Projeto Obadias'. O pai de um dos garotos que frequentavam o abrigo fez acusação contra eles às autoridades, alegando que seu filho havia se recusado a recitar uma oração muçulmana e estava exibindo comportamento cristão.

Ele disse que José Dilson e Zeneide estavam desrespeitando o islã por ensinar cristianismo aos pequenos. Embora não estejam presos, eles estão impedidos de deixar o país antes de tudo se revolver no tribunal.


com informações da Portas Abertas

 

veja também