Haidar, o muçulmano que se tornou mensageiro de Deus em Bangladesh

Haidar, o muçulmano que se tornou mensageiro de Deus em Bangladesh

Atualizado: Sexta-feira, 7 Março de 2014 as 12

BangladeshVivendo em Tangail, região de Bangladesh, Haidar nasceu em uma família muçulmana. Ele é seguidor de Jesus desde 1997, quando ouviu sobre Ele de um amigo propietário de uma livraria cristã.
 
"Um ano após o primeiro encontro, o amigo ex-muçulmano foi até a minha casa e compartilhou o texto escrito em João 14.6, dizendo que ‘Jesus é o caminho, a verdade e a vida’”, relembra Haidar. "Eu estava condenado ao pecado quando recebi Jesus em meu coração". 
 
"A livraria realizava uma vez ao mês uma reunião de comunhão, na qual aprendíamos sobre a Bíblia, e em seguida era servido um lanche para todos", afirmou Haidar. "Quando eu era um dos novos frequentadores, eu não entendia os ensinamentos. Eu ia apenas pela comida. Mas, após frequentar alguns meses, eu passei a ter interesse não só pela comida, mas também pelas aulas bíblicas. Em abril de 1997, fui batizado". 
 
Dez anos depois, Haidar conseguiu uma vaga no treinamento de professores através de outro ex-muçulmano que conheceu. Ele então trabalhou como professor em uma organização cristão de 2008 a 2010.
 
Sem recursos, a organização descontinuou o projeto de Haidar. Em 2011, com a ajuda de um pastor, ele se inscreveu no Programa de Treinamento em medicina rural da Portas Abertas. "Eu me inscrevi em 2011 pensando que, se eu conseguisse terminar o curso de 6 meses, eu não teria apenas um emprego, mas uma oportunidade de servir às pessoas", relata.
 
Após o treinamento, Haidar recebeu 10 mil takas da Portas Abertas para abrir uma farmácia.
 
"No fim de 2011, eu abri a minha farmácia e tive o privilégio de servir as pessoas de minha comunidade. As bênçãos abundantes de Deus estão sempre comigo. Eu comecei com 10.000 takas e agora meu capital é de mais de 30.000 takas", afirma Haidar. 
 
"Antes, eu era incapaz de prover alimento suficiente para a minha família, mas agora eu posso – com a ajuda de Deus – enviar meus filhos para a escola. Eu posso até pagar por aulas particulares".   
 
"Antes, eu tinha apenas um teto, um quarto para viver", ele acrescenta. "Agora, o Senhor me permitiu construir dois quartos para a minha família. Meu líder ministerial me ajudou a criar uma placa para minha farmácia. Quando penduramos a placa, mais clientes vieram."
 
"Eu encontrei minha autoestima sendo um médico rural", afirma Haidar. "Às vezes, pacientes não são curados quando eu lhes dou medicamento. Então eu lhes falo sobre o Senhor Jesus e como ele pode curar. Hoje em dia, se qualquer coisa acontece na minha comunidade – mesmo que não seja relacionada com a sua saúde – as pessoas vem até mim para aconselhamento".  
 
Hoje Haidar vai a diversas comunidades e serve o povo espirituale fisicamente. Ele cobra apenas pelos medicamentos e não pelo serviço.
 
Através de sua profissional, ele compartilha e ensina de Jesus a muitas pessoas todos os dias. Sempre que encontra pessoas em estado crítico, Haidar primeiro ora e depois as encaminha a algum médico.
 
 
com informações da Portas Abertas
 

veja também