Igreja abre suas portas para abrigar moradores de rua, no RJ: "O Brasil tem jeito"

Pensando em apoiar as pessoas que vivem em situação de risco nas ruas de Niterói (RJ), a sede da Igreja Batista da Lagoinha na cidade decidiu abrir suas portas para receber moradores de rua durante as noites desse inverno.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 24 Junho de 2016 as 6:53

Postagem feita pelo pastor Felippe Valadão, informando que sua igreja está recebendo moradores de rua durante a noite. (Imagem: Instagram)
Postagem feita pelo pastor Felippe Valadão, informando que sua igreja está recebendo moradores de rua durante a noite. (Imagem: Instagram)

O frio intenso que tem atingido as regiões sul e sudeste do Brasil está não apenas sendo uma dificuldade a mais para os que precisam sair cedo de casa, mas tem chegado a pontos extremos, fazendo vítimas fatais, como no caso de pessoas desabrigadas. Somente em São Paulo, pelo menos cinco moradores de rua já morreram por causa das baixas temperaturas e por não terem um local aquecido para dormir.

Pensando em apoiar as pessoas que vivem em situação de risco nas ruas de Niterói (RJ), a sede da Igreja Batista da Lagoinha na cidade decidiu abrir suas portas para receber moradores de rua durante as noites desse inverno.

A informação foi confirmada pelo pastor Felippe Valadão - líder da comunidade - em seu perfil oficial do Instagram, esta semana.

"A partir de #HOJE a #LagoinhaNiteroi ABRE AS PORTAS DA IGREJA pra abrigar os moradores de rua durante as madrugadas frias, nos ajude a esquentar quem já perdeu a esperança pela vida, precisamos de doações", escreveu o pastor na postagem.

A notícia repercutiu e acabou ganhando uma nota no jornal O Globo, que também foi celebrada por Felippe.

Nota publicada pelo jornal O Globo sobre a iniciativa da Lagoinha Niterói. (Imagem: Instagram)

"Que alegria ver o Reino de Deus sendo relevante e honrado em tempos tão difíceis e de desonra para Igreja Brasileira. Já são mais de 40 moradores de rua e suas famílias sendo abrigados e atendidos todas as noites e só tá começando", comentou.

A Igreja Batista da Lagoinha Niterói é fruto de uma expansão da denominação para o Rio de Janeiro e é liderada pelo pastor Felippe Valadão e sua esposa, Mariana Valadão.

 

veja também