Igreja abriga pessoas que perderam casas pelas fortes chuvas, em Manaus

As fortes chuvas fizeram com que diversos moradores perdessem suas casas e a igreja ofereceu ajuda a essas pessoas, além de colaborar com mais de 400 com alimentação, água e roupas.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Terça-feira, 7 Março de 2017 as 2:30

Um dos lugares mais afetados foi a comunidade Francisca Mendes. (Foto: Reprodução).
Um dos lugares mais afetados foi a comunidade Francisca Mendes. (Foto: Reprodução).

Se hoje faz sol em Manaus, na semana passada um temporal desabou sobre a região. O cenário era caótico e as fortes chuvas prejudicaram não só os desabrigados, mas até mesmo quem tinha moradia. Um dos lugares mais afetados foi a comunidade Francisca Mendes, na zona leste de Manaus.

Muitas pessoas perderam seus bens e casas por conta da força das águas. Ao ver esse dilema social, uma igreja evangélica que atua na comunidade se promoveu para abrigar pessoas que ficaram sem ter onde dormir. Cerca de 50 estão contando com essa ajuda.

A Igreja Adventista da região também está colaborando com cerca de 400 moradores fornecendo alimentação, água e roupas. O templo virou uma base de apoio e fica aberto dia e noite para atender as necessidades da comunidade.

“Fazendo a nossa parte”

Selma Andrade é a líder da ação. Ela conta que vê a igreja fazendo sua parte. “Nós estamos inseridos na comunidade. Não poderíamos estar negligentes a esta situação. Deus nos chamou para sermos luz na hora da necessidade também”, destaca.

Já a moradora Gleiciane Souza, que cuida de seu pai, um homem que sofre sequelas por conta de um acidente vascular cerebral (AVC), ressalta que a ajuda da igreja está fazendo a diferença para ela e sua família.

“Meu pai não anda e não fala mais. A igreja nos recebeu de braços abertos. Nas últimas 72 horas, este templo tem sido o lar do meu pai. Eu nunca imaginei que a igreja fosse tão acolhedora”, disse.

“Perdi todos os meus eletrodomésticos, mas ainda assim estou agradecida por não ter perdido ninguém da minha família”, disse Elvira Carvalho, outra moradora da comunidade.

No bairro, muitas roupas, colchões, livros escolares estão espalhados, juntamente com a esperança dos moradores em recuperar tudo que foi perdido. A igreja adventista na região está promovendo campanhas para arrecadar alimentos em supermercado e roupas.

veja também