Igrejas abrigam imigrantes ilegais para protegê-los do governo

A intenção é criar um porto seguro onde as autoridades federais não vão invadir, impedindo que os imigrantes sejam expulsos do país.

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 25 Setembro de 2014 as 10:58

Uma denominação nos Estados Unidos prometeu oferecer abrigo para os imigrantes ilegais que enfrentam a deportação em suas 24 igrejas. A intenção é criar um porto seguro onde as autoridades federais não vão invadir, impedindo que os imigrantes sejam expulsos do país.

O movimento é o mais recente esforço de ativistas que tentam diminuir o maior número possível de deportações depois de não conseguir ganhar incentivos do presidente Barack Obama. No início deste mês, o presidente americano arquivou temporariamente seus planos para expandir as políticas de não deportação, irritando os hispânicos e os defensores dos imigrantes.

"Em todo o país, estamos dizendo que não vamos quebrar a nossa promessa, e assim declaramos como abrigo o lugar de adoração a Deus", disse o pastor Alison Harrington, da Igreja Presbiteriana Southside, no Arizona. "Nós vamos continuar lutando para manter os imigrantes junto com os seus familiares."

Era estrangeiro, e não me receberam na sua casa; estava sem roupa, e não me vestiram. Estava doente e na cadeia, e vocês não cuidaram de mim.”  — Então eles perguntarão: “Senhor, quando foi que vimos o senhor com fome, ou com sede, ou como estrangeiro, ou sem roupa, ou doente, ou na cadeia e não o ajudamos?”  — O Rei responderá: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: todas as vezes que vocês deixaram de ajudar uma destas pessoas mais humildes, foi a mim que deixaram de ajudar.”

Mateus 25:43-45

Com informações de WND
www.guiame.com.br

veja também