Igrejas controladas pelo governo chinês estão passando por avivamento

Pastores da chamada "Igreja das Três Autonomias" (fiscalizadas pelo governo chinês) têm relatado que os ensinos sobre o poder do Espírito Santo e milagres estão sendo cada vez mais aceitos. "À medida que o tempo passava, mais pessoas aceitavam o poder do Espírito Santo", contou o pastor Sun.

fonte: Guiame, com informações da CBN

Atualizado: Quarta-feira, 17 Fevereiro de 2016 as 5:05

Quando se caminha para dentro da Igreja das Três Autonomias, no sudeste da China, é possível encontrar homens e mulheres cantando e adorando a Deus com exuberância, danças e agitando bandeiras.

"Mudanças dramáticas estão acontecendo", disse o Pastor Duane Huilai à CBN News. "Deus está se movendo de uma maneira poderosa dentro destas Igrejas das Três Autonomias".

Pastor Duan e sua esposa viajaram por toda a região que documenta o avivamento entre as igrejas desta denominação, conforme detalhado em um relatório escrito por George Thomas, da CBN News.

"A coisa mais surpreendente é que o Senhor está levantando as pessoas que amam a Deus nessas igrejas. Tantos irmãos, quanto irmãs que amam a Deus profundamente e desejam servi-lo", disse o pastor.

Duan tem visto enormes mudanças nas igrejas que normalmente são controladas pelo governo chinês, nos últimos 30 anos.

"Cada sermão que os pastores pregavam naquela época tinha de ser controlado pelas autoridades governamentais. Os jovens não eram autorizados a assistir os cultos nestas igrejas. Assim, você só veria as pessoas de idade, sendo a maioria de mulheres", disse Duan à CBN. "Pregar sobre o poder do Espírito Santo era proibido. Você não poderia falar sobre o fim dos tempos ou pregar sobre o arrependimento".

O ensino sobre sinais e prodígios, curas e milagres, também foi proibido pelas autoridades, segundo o pastor.

"Hoje em dia as pessoas têm aceitado mais esses temas", disse Duan CBN.

O pastor Sun Rengui ainda se lembra de um dia, 12 anos atrás, quando segundo ele, o Espírito Santo se manifestou, enquanto ele estava pregando.

"Nós estávamos no meio do culto, quando de repente, todos na igreja sentiram o derramar da unção do Espírito Santo. Alguns não conseguiam se manter nas fileiras em linha reta, outros caíram. Alguns sofreram tonturas e náuseas. Quando o culto começou, as pessoas começaram a chorar. Após o culto, alguns estavam sendo curados. Eu vi demônios sendo expulsos dos corpos das pessoas", disse o Pastor Sun à CBN.

Ele diz que sua sede da Igreja das Três Autonomias nunca tinha visto nada parecido antes.

"Nós estávamos vendo algo sem precedentes. Nós não tínhamos nenhuma formação teológica sobre o mover do Espírito Santo. Isto foi completamente novo para nós", disse ele.

Outras igrejas da área começaram a ouvir falar sobre o reavivamento.

"Fomos uma das primeiras igrejas a experimentar isto aqui na região. Logo, os líderes de outras igrejas vieram até nós e se mostraram ansiosos para experimentar o mover do Espírito Santo. Posteriormente, eles também começaram a testemunhar o movwe do Espírito Santo também", disse Pastor Sun CBN.

"As pessoas questionavam se isso era real. Havia até mesmo conflito internos na equipe da minha igreja", disse Sun. "Mas à medida que o tempo passava, mais pessoas aceitavam o poder do Espírito Santo".

Hoje, Pastor Sun vê o fruto do mover do Espírito Santo em vidas transformadas.

"Nossos grupos de células estão se expandindo, mais pessoas estão freqüentando a igreja, e mais pessoas estão saindo das quatro paredes da igreja para compartilhar sobre o Evangelho na sociedade", contou.

Existem duas grandes categorias de igrejas que existem aos olhos do governo: as registradas e as não registradas. As congregações registradas - ou Igrejas das Três Autonomias - são aprovadas pelo governo. Já as igrejas subterrâneas não registradas, reunem-se secretamente - principalmente em casas particulares - e sofreram com a intensa perseguição. Elas também têm crescido exponencialmente em face dessa perseguição.

Agora, as igrejas controladas pelo governo chinês também estão crescendo vigorosamente.

Dr. Zhao Xiao, um dos principais especialistas sobre o cristianismo na China, já foi um ateu e um membro leal do Partido Comunista, até que recebeu Jesus como seu Senhor e Salvador de sua vida, depois de ler a Bíblia sozinho. Ele também atesta a tendência.

"Agora há grandes avivamentos acontecendo nas Igrejas das Três Autonomias", disse à CBN News.

"Se você for para 'Haidian Church', vai encontrar-se em um templo permeado pelo clima de adoração. Em Shenzhen, há geralmente uma média de 500 pessoas sendo batizadas a cada domingo", contou o pesquisador à CBN.

No passado, o governo chinês impôs uma lei que proibiu que jovens com menos de 18 frequentassem as Igrejas das Três Autonomias. Zhao diz que a lei foi flexibilizada recentemente.

"Há uma crescente proporção deles [jovens] em igrejas agora - mais jovens crentes do sexo masculino, profissionais, celebridades tradicionais, especialmente nas grandes cidades, que estão frequentando a igreja - ao contrário do passado, quando principalmente os idosos é que participavam dos cultos", relatou.

"O número de cristãos na China está crescendo rapidamente. Isso significa que Cristo está começando a desempenhar um papel ativo na sociedade chinesa e isso é bom em muitos aspectos", disse Zhao.

Para o pastor Duan e sua esposa, há provas abundantes de que Deus está fazendo algo extraordinário na China.

"Eu estava falando em Shandong, Henan e Zhejiang recentemente. Cerca de 8.000 pessoas se reuniram para um culto. No último Natal, eu estava pregando em uma Igreja das Três Autonomias, em Yuhuan e fiquei espantado. Havia 12.000 pessoas lá", disse Duan à CBN.

veja também