Jovem soldado é esmagado por tanque dirigido por militantes do Estado Islâmico

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, uma organização que monitora os conflitos na Síria, afirma que recebeu informações, no mês passado, de que o EI planeja assassinar mais soldados desta forma

fonte: Guiame, com informações de Christian Today e Terra

Atualizado: Segunda-feira, 26 Outubro de 2015 as 11:49

Um extremista do EI, vestido de branco, explica que sua morte é uma espécie de punição. (Foto: Heavy)
Um extremista do EI, vestido de branco, explica que sua morte é uma espécie de punição. (Foto: Heavy)
Um jovem soldado sírio de 19 anos foi cruelmente esmagado por um tanque de guerra conduzido por militantes do Estado Islâmico, como forma de "punição" imposta pelo grupo terrorista. A gravação foi divulgada pelo escritório de informação dos radicais na província de Homs, no centro da Síria.
 
O jovem é identificado como Fadi Omar Sian, soldado do regime de Bashar al Assad. No início das imagens, vestido com um macacão laranja, ele é forçado a confessar que uma de suas missões nas forças armadas sírias era passar por cima dos corpos de membros do EI com um tanque.
 


O jovem é identificado como Fadi Omar Sian, soldado do regime de Bashar al Assad. (Foto: Christian Today)
 
Um extremista do EI, vestido de branco, explica que sua morte é uma espécie de punição. "Este apóstata sujo atropelou nossos irmãos, que estavam mortos, em um tanque. Por isso, foi decidido que ele será atropelado por um tanque enquanto estiver vivo", disse o terrorista.
 
O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, uma organização que monitora os conflitos na Síria, afirma que recebeu informações, no mês passado, de que o EI planeja assassinar mais soldados desta forma. Segundo fontes, esta foi apenas a primeira execução divulgada publicamente.

veja também