Jovens cristãs estão sendo sequestradas para conversões forçadas ao islamismo, no Egito

As adolescentes tem sido sequestradas para conversões e casamentos forçados, segundo informações da organização International Christian Concern.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 14 Junho de 2016 as 12:25

As adolescentes tem sido sequestradas para conversões e casamentos forçados. (Foto: Reuters)
As adolescentes tem sido sequestradas para conversões e casamentos forçados. (Foto: Reuters)

A comunidade cristã do Egito tem sido afligida pela onda de desaparecimento de jovens meninas. As adolescentes tem sido sequestradas para conversões e casamentos forçados, segundo informações da organização International Christian Concern.

Dentre as desaparecidas está Amal Shaky, de 19 anos, sequestrada a caminho da Universidade do Cairo. No início, a família pensava que a jovem tinha ido à sua festa, mas ao notar seu desaparecimento, procurou a polícia.

O oficial se recusou a apresentar um relatório, e pediu algumas horas para investigar o caso. Amal também havia sido sequestrada em 2011.

"Mais de 40 dias se passaram desde que a minha filha foi sequestrada, e dizem que o assunto está sob investigação", disse o pai de Amal. "Eu não sei quanto tempo devo esperar. Espero até que eles digam que minha filha está morta ou se casou?"

Os frequentes abusos de direitos humanos no Egito estão chamando a atenção de órgãos internacionais. De acordo com a Human Rights Watch, as forças de segurança egípcias torturaram 20 pessoas, incluindo oito crianças.

Há algumas semanas, um adolescente cristão foi sequestrado em sua escola no Alto Egito, e libertado dias depois após o pagamento de um resgate.

De acordo com a Coalizão do Egito Copta, cerca de 72 casos de sequestros, extorsão e violência foram registrados na cidade de Qina entre 2011 e 2014.

veja também