Leitura da Bíblia e memorização de Romanos muda a vida de norte-coreana

Sem poder levar a Bíblia ao seu país, Irmã Lee* memorizou o livro de Romanos para compartilhar com a família

fonte: Portas Abertas

Atualizado: Segunda-feira, 29 Setembro de 2014 as 3:21

BíbliaIrmã Lee* fugiu da Coreia do Norte para a China em busca de comida para sua família. Ao passar pela fronteira, foi resgatada por um contato da Portas Abertas Internacional, que a abrigou num local seguro.

“Eu lhe dei uma Bíblia e ela ficou amedrontada. Como todos os norte-coreanos, ela foi ensinada que o cristianismo é veneno puro. Como eu não quis pressioná-la, apenas deixei a Bíblia por lá. Deus se encarregaria de despertar o seu interesse”, relata a fonte da Portas Abertas.

Ser acolhida numa residência de segurança da Portas Abertas a deixou confusa. Quem eram essas pessoas que a tratavam tão bem? E quem era ela? Assim como outros refugiados na casa, ela estava entediada e via muitos programas de TV, incluindo programas cristãos da Coreia do Sul. Confusa, Lee começou a fazer perguntas: “A Coreia do Sul é um país rico?”, “Quem é Jesus?” Quando as respostas vinham, ela ficava nervosa ao perceber que as pessoas haviam mentido para ela a vida inteira.

Lee foi muito tocada pelas canções cristãs e decidiu receber a Cristo como Senhor e Salvador. E sua fé crescia cada vez mais, conforme ela lia a Bíblia.

Porém, chegou o dia em que a irmã Lee teve que voltar para casa, para a Coreia do Norte. Tinha de evitar que seus familiares fossem castigados ou até mortos por sua causa. Ela sabia que seu governo era conhecido por ser o pior perseguidor aos cristãos.

Como seria muito perigoso levar uma Bíblia, ela decidiu memorizar todo o livro de Romanos para ajudá-la a permanecer firme em sua fé e compartilhar o evangelho com sua família.

Não recebemos mais notícias da irmã Lee desde que ela voltou para a Coreia do Norte, mas as tentativas de encontrá-la e de lhe entregar uma Bíblia continuam. Ela saiu de seu país para encontrar comida, mas também encontrou Jesus.

 

veja também