Líder de igreja morre em ataque do Boko Haram e comunidade entra em choque

Estamos em grande dor pela perda de um colega dedicado ao ministério", disse um membro da Igreja Luterana Irmãos de Camarões

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 25 Agosto de 2014 as 10:13

Camarões_igrejaNo final do mês de julho, ao menos 25 pessoas morreram em ataques de militantes no extremo norte de Camarões

Em um dos ataques, Jean Marcel Kesvere, pastor da Igreja Luterana Irmãos de Camarões, foi sequestrado e mais tarde sua família descobriu que ele havia sido morto.

O pastor Kesvere, de 45 anos, nasceu em Camarões, foi treinado no Chade e enviado de volta para Bargaram, pela Igreja Luterana, onde atuou por mais de dois anos. Ele deixou sua esposa e oito filhos.

"Estamos em grande dor pela perda de um colega dedicado ao ministério", disse um membro da igreja, cuja identidade não pode ser divulgada por razões de segurança.

Devido aos avanços do Boko Haram, grupo radical, a crise se espalhou em toda a região, e a comunidade está em choque.


com informações da Portas Abertas

 

veja também