Mais 1.300 crianças são recrutadas por guerrilhas colombianas

Mais de 1.300 crianças são recrutadas por guerrilhas colombianas

Atualizado: Segunda-feira, 17 Março de 2014 as 7:48

CriançasNos últimos dois anos, 1.255 menores foram recrutados pelas Forças Armadas Revolucionários da Colômbia (Farc), segundo dados divulgados nessa quarta-feira (12) por um grupo ligado ao Ministério da Defesa.
 
Enquanto quase 1.300 crianças entraram para as Farc, outras 132 foram recrutadas pelo Exército de Libertação Nacional (ELN), segunad maior guerrilha do país.
 
Putumayo, Nariño, Huila e Meta são as cidades com maior número de casos. Entre janeiro de 2002 e março do ano passado, 3.780 crianças e jovens foram resgatados das fileiras das duas guerrilhas.
 
Aproximadamente 1.160 desses menores, que correspondem a cerca de 30% do total, são meninas ou adolescentes "que abandonaram a subversão" depois de terem sido vítimas de violações, trabalhos forçados, abortos e agressões físicas e psicológicas", indicou o organismo, em comunicado do Ministério da Defesa.
 
 
com informações da Portas Abertas
 

veja também