Mais de 350 crianças-soldado são libertadas na República Centro-Africana

"É um verdadeiro passo em direção à paz", diz representante da Unicef

fonte: Guiame, com informações do jn.pt e MAIS

Atualizado: Terça-feira, 26 Maio de 2015 as 2:36

Criança-soldado
Criança-soldado

Em cerimônias distintas, 357 crianças feitas soldados foram libertadas na região de Bambari, na República Centro-Africana.

"Após dois anos de intensos combates, a libertação das crianças por estes grupos (...) é um verdadeiro passo em direção à paz", celebra Mohamed Malick Fall, da Unicef.

A Unicef calcula que entre 6 e 10 mil crianças estejam integrando facções armadas da República Centro-Africana. Além de serem usadas como soldados e combatentes, essas crianças também tornam-se cozinheiros e objetos sexuais.

A Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS) também comemora a libertação das crianças e incentiva a Igreja a continuar orando. "Oremos por estas crianças para que os horrores que viveram não aprisionem mais suas mentes e para que muitas outras possam encontrar um novo caminho, de esperança e paz."

veja também