MAIS inicia projeto de apadrinhamento de crianças na Tailândia

Organização quer ajudar abrigo cristão que mantém 45 crianças atualmente

fonte: Guiame, com informações da MAIS

Atualizado: Quinta-feira, 21 Maio de 2015 as 4:59

MAIS_criança da Ásia
MAIS_criança da Ásia

Há dois meses a Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS) chegou ao Sudeste Asiático e agora iniciou o trabalho em um abrigo cristão que, mesmo com grande dificuldade, atende 45 crianças.

O abrigo não recebe qualquer auxílio do governo nem da comunidade. Por três dias, os missionários da MAIS estarão morando no abrigo para conhecer a rotina e fazer um diagnóstico social para analisar a real necessidade do local.

A MAIS está em processo de legalização na Ásia e terá sede na Tailândia, por isso os missionários já estão instalados e empenhados no aprendizado da língua tailandesa.

Na Tailândia, mais de 90% da população é adepta ao budismo. Embora os cristãos não encontrem muitas barreiras para viver e manifestar a fé no país, também não encontram auxílio algum do governo.

Para ajudar ao abrigo cristão, a MAIS criou um programa de apadrinhamento das crianças lá instaladas.

A meta é alcançar o total de R$ 4.500, então a proposta é encontrar 45 padrinhos que contribuam com R$ 100. Para conhecer melhor o programa de apadrinhamento, acesse: http://maisnomundo.org/

veja também