Mais uma família síria refugiada ganha abrigo em Ponta Grossa (PR)

“Certamente o Brasil será o lugar de nosso recomeço”, afirma o pai da família

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 10 Dezembro de 2014 as 2:47

refugiados sírios_Próximo de completar dois meses da chegada ao Brasil, mais uma família de sírios recebeu amparo de uma igreja cristã em Ponta Grossa (PR), no bairro de Santa Paula.

Os sírios já estão documentados, trabalhando e se adaptando ao novo estilo de vida, sem pensar em voltar ao país de origem.

O Brasil é um país de sorte por se manter distante dos principais conflitos armados no mundo. Esse é um dos principais motivos que fazem a nossa terra receber muitos dos refugiados de guerra. A Síria vive hoje um momento muito crítico e sangrento por conta de constantes conflitos armados naquele país.

Segundo dados da agência da ONU para refugiados (ACNUR), até agosto, cerca de 3 milhões de refugiados sírios foram registrados pelo mundo.

O senhor Soliman, de 67 anos, e sua esposa Fadwa, de 60, que preferem não divulgar seus sobrenomes, trouxeram junto seus três filhos: o casal de gêmeos Nagham (menina) e Omran (rapaz), com 18 anos, e Omar, rapaz de 20 anos que precisou abandonar a faculdade de engenharia mecânica para mudar ao Brasil.

“Nunca imaginei estar no Brasil, embora não domine bem o idioma, posso perceber que encontrei um povo muito acolhedor”, relata Naghan.

O dinheiro para as passagens aéreas e documentação foi conseguido com a venda dos objetos da família. “Certamente o Brasil será o lugar de nosso recomeço”, afirma o senhor Soliman.


com informações da MAIS

 

veja também