Medo entre os cristãos cresce no Irã após graves acusações

Ore para que todos os presos, por causa da fé no Senhor Jesus, reconheçam a presença e o sustento de Deus

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 2 Outubro de 2014 as 12:05

IrãNo Irã, graves acusações têm sido levantadas contra os líderes das igrejas e isso tem gerado cada vez mais preocupação nos cristãos locais.

Em 3 de agosto, o líder da denominação Igreja do Irã, Abdolreza (Matthias) Haghnejad, foi acusado de moharebeh – inimizade contra Deus – um crime que pode levar à pena de morte.

Ele também já havia sido acusado de de Mofsed-e-filarz – que traduzido significa algo como "espalhar a corrupção na Terra". Esta acusação também leva à sentença de morte.

Outros dois membros da Igreja do Irã relataram terem sido recentemente acusados de Mofsed -e-filarz: Behnam Irani, que está cumprindo uma pena de seis anos por "ação contra o Estado e contra a ordem", que também enfrenta outras 18 acusações; e Reza (Silas) Rabbani, preso em 5 de maio de 2014, que tem sofrido abuso físico nas mãos dos agentes de segurança.

Pedidos de oração

Ore para que todos os presos, por causa da fé no Senhor Jesus, reconheçam a presença e o sustento de Deus.
Interceda para que as famílias dos que estão presos conheçam a graça, o fortalecimento e apoio do Senhor.


com informações da Portas Abertas

 

veja também