Menina cristã de 8 anos é espancada e despida por muçulmanos em ato de vingança

O motivo da vingança é que Iftikhar Masih, o tio cristão da menina, quebrou um tabu no Paquistão ao se envolver com uma jovem muçulmana.

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 2 Dezembro de 2015 as 4:49

Uma menina cristã foi espancada e despida por muçulmanos como forma de punir seu tio, que também é cristão. (Foto: Reuters)
Uma menina cristã foi espancada e despida por muçulmanos como forma de punir seu tio, que também é cristão. (Foto: Reuters)

Com apenas oito anos de idade, uma menina cristã foi espancada e despida por muçulmanos como forma de punir seu tio, que também é cristão. O motivo da vingança é que Iftikhar Masih, o tio da menina, quebrou um tabu no Paquistão ao se envolver com uma jovem muçulmana. 

Por causa do romance "proibido", a família muçulmana da namorada de Masih está sendo processada por um grupo conservador paquistanês. Para se vingar disso, a família da jovem islâmica decidiu atacar a sobrinha cristã de Masih.

A família islâmica teria abordado a criança na volta da escola, a caminho de casa. A menina foi espancada e despida.

Os anciãos da comunidade local não deram nenhum tipo de apoio a família da criança. Por outro lado, a família muçulmana já tinha apresentado uma queixa na polícia contra os cristãos por terem os envergonhado com o namoro entre a jovem muçulmana e Masih.

Diante dessa injustiça, o Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ) está desenvolvendo petições que serão destinadas à Assistência Judiciária no Paquistão. Se a petição for aceita, os encargos serão arquivadas sob a seção 354-A do Código Penal do Paquistão, que pune severamente assaltos e uso de força contra a mulher.

"Pedimos suas orações para que a justiça seja feita a Parwasha e sua família", disse Shaheryar Gill, conselheiro sênior da ACLJ.

veja também