Michelle Obama entra na campanha por garotas sequestradas na Nigéria

"Nossas orações estão com as meninas nigerianas desaparecidas e suas famílias", escreveu a primeira-dama americana em uma rede social

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 8 Maio de 2014 as 3:52

Michelle Obama

O sequestro de mais de 200 garotas nigerianas tem gerado comoção em pessoas do mundo inteiro. Elas foram sequestradas no meio do mês de abril em uma escola em Chibok, no estado de Borno.

Alguns países como Estados Unidos, França, China, Canadá e Reino Unido já ofereceram ajuda e se colocaram à disposição do governo nigeriano para encontrar as meninas.

Michele Obama, primeira-dama dos Estados Unidos, também entrou na campanha internacional "#BringBackOurGirls" (Tragam Nossas Meninas de Volta, em português), pela libertação das garotas sequestradas.

"Nossas orações estão com as meninas nigerianas desaparecidas e suas famílias. É hora de trazer nossas garotas de volta", publicou a mulher de Barack Obama em seu perfil no Instagram na quarta-feira, 7 de maio.

Os sequestradores são os radicais islâmicos do Boko Haram, grupo que luta para impor a "sharia" (lei islâmica) na Nigéria, país de maioria muçulmana no norte e predominantemente cristã no sul.


com informações do G1

 

 

veja também