Ministério IHOP estabelece salas de oração contra a exploração sexual na Copa

“As salas serão estabelecidas no meio dos distritos vermelhos, que são as zonas de maior concentração de prostituição das cidades", explica missionária

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 17 Junho de 2014 as 2

abuso sexualA Copa do Mundo atraiu ao Brasil centenas de turistas vindos de diversas nações para acompanhar o evento esportivo.

Preocupada em proteger crianças e mulheres brasileiras da exploração sexual, durante os 31 dias do Mundial, a Igreja Brasileira, juntamente com a Casa Internacional de Oração de Kansas City (IHOPKC), iniciou no dia 12 de junho, uma campanha de oração e intercessão pelas vítimas desse crime.

Amy Fernandez e Karen Coburn, missionárias da organização, dizem que diversas ações estão sendo desenvolvidas aqui da mesma forma que aconteceu na África do Sul em 2010.

“Desde 2007, por meio de intervenções, conscientização e restauração de pessoas, temos trabalhado com muita força contra a exploração sexual. Em 2010, devido à realização da Copa do Mundo na África do Sul, as estatísticas apontavam que a prostituição iria aumentar no país. Então, Karen, eu e um grupo formado por 10 pessoas fomos para a África do Sul. Ao chegar lá, vimos a igreja se mobilizando em oração, evangelismo e trabalhando com a restauração de vidas”, explicou Amy

Os cristãos africanos estabeleceu salas de oração durante a Copa de 2010 e isso serviu de inspiração para as salas de oração que existem hoje nas 12 cidades sedes da Copa.

“As salas serão estabelecidas no meio dos distritos vermelhos, que são as zonas de maior concentração de prostituição das cidades. Por meio de orações ininterruptas, iremos declarar a bondade e a fidelidade de Deus, e revelar quem Ele é sobre esses lugares e sobre esta nação. Iremos interceder pelas pessoas que estão presas, destruídas emocionalmente e que precisam de oração; e, também, clamaremos ao Senhor para que Igreja brasileira desperte e que haja um avivamento no país”, enfatizou Amy.


com informações da lagoinha

 

 

veja também