Muçulmanos, cristãos e judeus se unem e rompem jejum do Ramadã

Objetivo do fim do jejum é promover a convivência entre diferentes religiões

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 10 Julho de 2014 as 2:40

RamadãNesta quarta-feira, 9 de julho, muçulmanos, cristãos e judeus se reuniram de uma sinagoga do Cairo e romperam o jejum do mês do Ramadã.

A ação é uma tentativa de promover a boa convivência entre as diferentes comunidades religiosas egípcias.

O ativista Mina Zabet, presidente da Coalizão Egípcia para as Minorias, que convocou o evento, disse à Agência Efe que "esta é aprimeira vez que se organiza um 'iftar' (café da manhã) em uma sinagoga no Egito e no Oriente Médio".

O 'iftar' é a refeição em que os muçulmanos encerram o jejum de alimentos e bebidas do mês do Ramadã e esse encerramento foi para 'convidar para a convivência'.


com informações da EFE/O Dia

 

veja também