Na Etiópia, milhares de pessoas vão às ruas protestar contra o Estado Islâmico

Após a execução do grupo de cristãos, etíopes ficam revoltados com a violência

fonte: Guiame, com informações de O Povo

Atualizado: Quinta-feira, 23 Abril de 2015 as 6

Imagens da execução dos cristãos etíopes
Imagens da execução dos cristãos etíopes

Nesta quarta-feira (22), mais de 100 mil pessoas foram às ruas na capital da Etiópia protestar contra o Estado Islâmico e a execução dos cristãos etíopes.

"Queremos vingança pelo sangue de nossos filhos", dizia um dos manifestantes.

À Associated Press, Ahaza Kassaye, mãe de uma das vítimas, se impressionou com o número de participantes: "Eu estou feliz agora. Antes, eu apenas lamentava a morte de meu filho com meus parentes e vizinhos. Nunca esperei que isso pudesse acontecer"

Como as informações são de que o grupo de cristãos tentava ir da Etiópia para a Europa, e foi capturado, a discussão no país é também em relação à pobreza, principal causa de imigração do país.

A responsabilização do Estado Islâmico ainda está sendo debatida por parlamentares.

Foi o próprio grupo que divulgou o material com imagens da execução dos cristãos. O Estado Islâmico tem espalhado horror em alguns países.

Alguns governos já se posicionaram contra as barbáries do grupo radical. Recentemente, Franklin Graham também mostrou seu espanto com as ações dos jihadistas e falou em dissolução do Estado Islâmico.

 

 

veja também