Na Índia, cristãos pedem ajuda ao governo diante de ataques e perseguição

"Este ciclo de violência planejada contra cristãos em Madhya Pradesh não é aceitável", disse o presidente do GCIC

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 17 Outubro de 2014 as 1:02

índiaOs ataques a comunidades cristãs em toda a Índia têm aumentado nos últimos meses. Em Uttar Pradesh, Chhattisgarh e Madhya Pradesh a situação é grave.

Uma aliança de cristãos na Índia pediu ao governo federal para intervir e pôr fim nesses ataques. O grupo tem desafiado o recém-eleito primeiro-ministro Narendra Modi a restaurar a ordem no estado de Madhya Pradesh onde, segundo o que foi relatado, a perseguição às minorias continua impune.

O presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos (GCIC, sigla em inglês) concedeu entrevista à Asia News e demonstrou preocupação com a ação dos extremistas.

"Este ciclo de violência planejada contra cristãos em Madhya Pradesh não é aceitável", disse o presidente do GCIC, Sajan K. George. "O primeiro-ministro da Índia deve controlar o governo deste estado e requisitá-lo para fazer valer as garantias na Constituição do país".

De acordo com George, os cristãos têm sido impedidos de se reunirem em Madhya Pradesh após radicais hindus levarem tensão à area.


com informações da Portas Abertas

 

 

veja também