Na Rússia, cristãos são multados e processados por cultos em locais públicos

Reuniões em locais públicos chamam ainda mais a atenção das autoridades

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Quarta-feira, 11 Março de 2015 as 9:47

Irmãos cultuando
Irmãos cultuando

Na tentativa de exercer a liberdade religioas sem autorização do estado, alguns cristãos russos têm recebido multas em valores altos. No país, a constituição garante a liberdade religiosa, desde que todas as reuniões sejam notificadas às autoridades.

Por realizar cultos de oração em um café alugado, um líder cristão foi multado na última semana, após ser denunciado por espiões plantados nas reuniões. O grupo de estudo deste líder, não seguiu essa restrição exatamente temendo restrições da lei.

Uma decisão do Tribunal Constitucional da Rússia visa retirar a obrigação de notificação às autoridades em alguns casos, o problema é que quando as atividades são em locais públicos chamam mais atenção.

Além do líder que está respondendo a processo por reuniões no café, em Smolensk um pregador vai apelar o Supremo Tribunal contra a sua condenação por distribuir literatura religiosa em um parque público. Além disso, outro cristão foi multado por ser o responsável por uma cantata ao ar livre, em Orel.


.

veja também