Na Síria, cristão tenta se candidatar à presidência do país

Shamih Mikhael Moussa é o primeiro cristão que tenta concorrer ao cargo de Presidente da República Árabe da Síria

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 8 Maio de 2014 as 9:32

Síria3 de junho será o dia das eleições presidenciais na Síria. A Suprema Corte Constitucional na Síria estudou as aplicações dos 24 candidatos para o cargo.

Dentre os candidatos, um é cristão: Samih Mikhael Moussa, mas, apesar da tentativa, a candidatura dele não foi aceita.

A Constituição da Síria até então exigia que os candidatos à presidência fossem muçulmanos. Dessa maneira, seria provável que a aplicação de Moussa fosse rejeitada pelo Tribunal Constitucional. A lei para as eleições de 2014, porém – que foi aprovada pelo Parlamento em março de 2013 –, não incluiu em seus parágrafos qualquer referência quanto à crença religiosa dos candidatos à presidência.

O presidente Bashar Al-Assad vai concorrer novamente ao cargo e a probabilidade de ele ganhar é grande.

Shamih Mikhael Moussa nasceu em Btaiha, em 1963, e é o primeiro cristão que tenta concorrer ao cargo de Presidente da República Árabe da Síria que, há três anos, vive em guerra civil e já causou mais de 150 mil mortes e deixou milhões de desalojados.


com informações da Portas Abertas

 

veja também