Neste mês de julho a Missão Portas Abertas completa 60 anos de atividade

Os anos passam e a organização reitera sua missão: 'servir ao cristão perseguido e fortalecer o que resta e o que está para morrer'

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Quinta-feira, 2 Julho de 2015 as 6

60 anos da Portas Abertas
60 anos da Portas Abertas

"Esteja atento! Fortaleça o que resta e que estava para morrer, pois não achei suas obras perfeitas aos olhos do meu Deus." Ap. 3.2

Em 1955, durante uma viagem para a Europa Oriental, o Irmão André recebeu esta ordem de Deus. Dois anos depois ele começou a contrabandear bíblias para trás da Cortina de Ferro, percorrendo mais de 321 mil quilômetros em seu fusca azul.

Foi assim que ele deu início à Missão Portas Abertas, organização cristã que trabalha em prol dos cristãos perseguidos em todo o mundo, e que completa, neste mês de julho, 60 anos de atividade.

A organização promoveu conferências internacionais sobre países em perseguição extrema ao cristão, como China, África e Romênia, onde mais de mil Bíblias são entregues em um só carregamento. Distribuição de material cristão e Bíblias marcou também a década seguinte: o projeto pérola, com um milhão de Bíblias entregues na China em apenas uma noite.

O trabalho da Portas Abertas continua se expandindo. Um exemplo recente foi o lançamento de seu maior programa de socorro emergencial, na Síria, oferecendo ajuda humanirária a mais de seis mil famílias refugiadas no Iraque.

"Assim, Portas Abertas chega ao seu 60° aniversário com a mesma missão: servir ao cristão perseguido e fortalecer o que resta e o que está para morrer", diz a organização.

 

veja também