Nigerianas sequestradas contam como fugiram do Boko Haram

Vídeo de Luis Ruibal ilustra a saga das três garotas

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 30 Outubro de 2014 as 9:15

nigerianasEm abril deste ano 200 meninas nigerianas começaram a viver um drama ao serem sequestradas pelo Boko Haram, grupo extremista islâmico, no nordeste da Nigéria.

Meses depois, algumas garotas foram liberadas pelos próprios sequestradores, mas algumas só se livraram do pesadelo fugindo.

Lami, Maria e Hajara* (nomes alteradas por motivo de segurança) estavam na escola em Chibok quando foram sequestradas em abril. Lami e Maria escaparam ao pular de um caminhão que as transportava após o sequestro. Hajara foi levada para um campo onde seria mantida aprisionada, mas depois fugiu com outra jovem.

"Eu fiquei pensando que o Boko Haram viria me pegar. Agora não tenho mais pesadelos com eles. O que me ajudou foram as orações. Nada mais", conta Lami.

Maria lembra o momento em que se encontrou com a família: "Quando eu vi os meus irmãos, cai no chão em prantos. Agradeci a Deus e agradeço todos os dias. Mas não me esqueci das que continuam nas mãos destas pessoas."

As garotas contaram como agiram para escapar sem que os militantes as capturassem novamente. Com os depoimentos, a BBC produziu uma animação para ilustrar a saga das nigerianas. Assista:


com informações da BBC

veja também