No Irã, cristão Shahin Lahouti retorna à prisão

"Estamos profundamente preocupados com o retorno de Shahin Lahouti à prisão. Sua condenação e sentença iniciais foram injustas e traumáticas para ele", diz a CSW

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 20 Maio de 2014 as 12:37

IrãEm outubro de 2012, o músico Shahin Lahouti se converteu ao cristianismo, no Irã, e foi preso, junto com outros sete cristãos, durante um culto de oração.

Sob acusações políticas, Lahouti foi condenado a dois anos e meio de prisão. Após pagar fiança, ele ficou em condicional, com a promessa de não participar mais de atividades cristãs.

Recentemente, fontes informaram à Christian Solidarity Worldwide (CSW) que a libertação de Lahouti foi revogada e que ele retornou à prisão há três semanas. Maiores detalhes ainda não estão disponíveis; no entanto, fontes afirmam que durante sua liberação, Lahouti esteve sob pressão das autoridades.

O diretor de operações da CSW, Andy Dipper, falou: "Estamos profundamente preocupados com o retorno de Shahin Lahouti à prisão. Sua condenação e sentença iniciais foram injustas e traumáticas para ele; suas condições de fiança foram inaceitáveis, e seu retorno compõe esta injustiça. Também é perturbador ouvir sobre a prisão de Silas Rabbani e a ameaça de mais prisões pelos serviços de segurança. Pedimos ao governo do Irã que impeça a perseguição e prisão de minorias religiosas e garanta a liberdade de religião ou crença, como estabelecida nos pactos dos quais o Irã é parte".


com informações da Portas Abertas

 

veja também