Nos últimos dias, o Estado Islâmico decapitou mais 17 pessoas na Síria

Relatório é do Observatório Sírio de Direitos Humanos

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 6 Novembro de 2014 as 9:53

Estado IslâmicoNos últimos três dias, membros do Estado Islâmico decapitaram pelo menos 17 pessoas na província de Deir ez Zor, no nordeste da Síria e próxima à fronteira com o Iraque.

As informações sobre a ação básbara do grupo islâmico foram passadas nessa quarta-feira (5) pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A última execução foi também nessa quarta, em Basira. Um homem foi decapitado e depois crucificado na cerca de um parque, por ser acusado de integrar a polícia do regime sírio.

Outras pessoas também foram executadas por fazerem parte das forças de segurança ou por integrarem grupos rivais ao Estado Islâmico.

O grupo ganhou grande visibilidade ao divulgar vídeos com a decapitação de reféns americanos e britânicos durante este ano.


com informações da EFE/R7

 

veja também