Número de iraquianos deslocados chega a quase dois milhões

Agência da ONU lista necessidades aos deslocados

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 19 Novembro de 2014 as 4:47

IraqueUm relatório produzido pela scritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária (Ocha), mostra que o número de deslocados internos no Iraque chega a 2 milhões entre janeiro e novembro de 2014.

De acordo com o Ocha, os dados não incluem o deslocamento recente na província de Salah-al Din que ocorreu há cerca de uma semana.

Deslocados iraquianos de 104 escolas secundárias na província de Dahuk foram realojados em campos. Kirkuk, ao norte do país, está atualmente com 62 mil famílias de deslocados internos, o equivalente a cerca de 372 mil pessoas. A estimativa é de que estes números cresçam com o aumento dos deslocamentos contínuos.

Só de setembro pra cá, mais de 200 mil pessoas foram descoladas por causa da insegurança em Kiurk, Anbar, Salah al-Sin e Ninewa.

Na última semana, um deslocamento substancial ocorreu em Salah al-Din, após o Estado Islâmico ter imposto um recolher obrigatório e dar um ultimato de 24hs para que os líderes tribais saíssem de suas casas.

Cerca de 50 casas de ex-integrantes do exército e polícia foram destruídas e estima-se que 3 mil famílias, ou 18 mil pessoas, tenham fugido.

No relatório, a agência da ONU também lista necessidades e resposta humanitária aos deslocados. Entre as áreas estão saúde, água, saneamento, abrigo e segurança alimentar.


com informações da Portas Abertas

 

veja também