O que as eleições na Índia significam para os cristãos?

Reverendo cristão comenta a falta de alternativa

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 17 Abril de 2014 as 10:07

eleições na ÍndiaA silenciosa comunidade cristã da Índia ficou inquieta às vésperas das eleições no país.

Realizadas em nove etapas, de 7 de abril a 12 de maio, as eleições devem levar cerca de 814 milhões de pessoas às urnas para escolher o 14º Parlamento da Índia.

"A Eleição 2014 nos oferece (cristãos) pouca liberdade de escolha. A única opção é entre corrupção e comunitarismo", lamentou o Rev. Valson Thampu, diretor da Universidade de Santo Estêvão, em Nova Delhi, gerida pela Igreja do Norte da Índia.

"Os dois principais partidos são inaceitáveis e sem sentido. O poder da mídia e do dinheiro atingiu o seu ponto de degradação extrema nesta eleição. É uma eleição movida à mídia, com resultados declarados antes mesmo da votação. Isto é um insulto à democracia", relata.

Na Ìndia, 28º país na Classificação da Perseguição Religiosa, é grande a tensão entre hindus, siques, muçulmanos e cristãos.


com informações da Portas Abertas

 

veja também