Organização irá traduzir Bíblias para 10 países onde há perseguição religiosa

A 'Wycliffe Associates' anunciou em um comunicado de imprensa nesta semana que pelo menos 10 novos projetos de tradução serão lançados dentro dos próximos 30 dias em uma região do mundo "onde a conversão ao cristianismo é punida com a morte".

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2016 as 5:32

Pelo menos 10 novos projetos de tradução da Bíblia serão lançados em países onde os cristãos são altamente perseguidos, conforme anunciou uma das principais organizações de tradução da Bíblia no mundo.

A 'Wycliffe Associates' - que tem parceria com igrejas e tradutores da Bíblia em todo o mundo para levar o Evangelho em novas línguas - anunciou em um comunicado de imprensa nesta semana que, pelo menos, 10 novos projetos de tradução serão lançados dentro dos próximos 30 dias em uma região do mundo "onde a conversão ao cristianismo é punida com a morte".

O comunicado de imprensa da Wycliffe não indica qual região específica do mundo receberá os projetos de tradução - provavelmente devido a preocupações de segurança com relação aos profissionais que trabalharão nestes países. O texto observa ainda que os próprios cidadãos desta região estarão fazendo o trabalho de tradução, considerando que a organização não poderá enviar seus funcionários para a região por períodos prolongados de tempo, "porque os cristãos são perseguidos e as forças de segurança locais podem 'varrer uma área' sem aviso prévio".

"Sim, é perigoso", disse o CEO da Wycliffe Associates, Bruce Smith, em um comunicado. "Mas muitas pessoas ainda nunca viram a Palavra de Deus em sua própria língua do coração. Não sabemos quanto tempo temos que treinar tradutores nacionais antes que eles entrem nesta corrida".

A fim de auxiliar os tradutores locais, sem colocar a vida de seus funcionários em perigo, Wycliff irá utilizar uma estratégia de tradução da Bíblia revolucionária, que permitirá aos tradutores, completarem um projeto de tradução do Novo Testamento em apenas um ano.

A estratégia, que é chamada de Assistência Mobilizada de Apoio à Tradução (MAST), reduz o tempo que leva para que os tradutores produzam uma tradução exata para as suas línguas. No início de um novo projeto de tradução, os profissionais são treinados para usar este novo método.

"A nossa estratégia MAST irá acelerar a tradução da Bíblia além de qualquer coisa que poderíamos ter imaginado, até mesmo cerca de dois anos atrás", explicou Smith. "Não são ocidentais entrando em áreas remotas - são nativos sendo equipados para traduzir a Palavra de Deus para seus próprios idiomas".

A Wycliffe também equipa os tradutores com ferramentas tecnológicas, que os permitem trabalhar simultaneamente e compartilhar informações. Além disso, os tradutores recebem tecnologia que lhes permitirá trabalhar sem serem detectados, até mesmo durante uma possível fuga.

Considerando que a lista da Missão Internacional Portas 2016 concluiu que mais cristãos ao redor do mundo estão sendo mortos por sua, fé mais do que nunca, a violência extremista foi um obstáculo aos esforços de tradução da Bíblia no passado. Segundo o comunicado, alguns tradutores foram forçados a evacuar suas casas e suspender o trabalho de tradução, devido ao aumento das ameaças de perseguição.

"Eles não têm ninguém para apoiá-los em seu trabalho porque é perigoso para pessoas de fora", explicou Smith.

Apesar das ameaças de violência, A Wycliffe não será impedidas de contribuir com a divulgação do Evangelho.

Incluindo os dez projetos que Wycliffe planeja lançar no próximo mês, a organização baseada em Orlando tem o objetivo de lançar um total de 80 projetos de tradução em áreas hostis do mundo e está atualmente arrecadando cerca de 400.000 dólares para alcançar esse objetivo.

"Estes cristãos estão clamando pela formação de tradutores", disse Smith. "As pessoas desejam receber a palavra de Deus em sua língua do coração. A estratégia MAST vai significar um novo tempo para eles".

veja também