"Oro para que esses homens encontrem a Deus, sejam perdoados", diz garota que fugiu do Boko Haram

Mercy foi sequestrada junto com outras garotas, mas conseguiu fugir

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 5 Dezembro de 2014 as 9:57

Mercy_NigériaMercy sorri empolgada no primeiro dia de aula em outro país. Ela é uma das 276 meninas sequestradas pelo Boko Haram e agora inicia a vida em um colégio interno em Canyonville, Oregon.

"Não havia nenhuma maneira de fugir. Eles nos disseram que iriam nos matar", conta ela sobre o drama que viveu durante o sequestro.

Ela lembra de como os terroristas invadiram a escola e obrigaram as meninas a entrarem nos caminhões. "Eu pulei", afirma a jovem, "sem saber se eu seria capaz de andar depois ou mesmo se eu iria morrer."

Outras garotas também escaparam, mas mais de 200 delas ainda estão sob o domínio dos radicais; O líder dos militantes disse que todas haviam se convertido ao islamismo e seriam vendidas "no mercado" como escravas.

Mercy diz sentir falta das amigas e irmãs que estão no cativeiro. Ela pede misericórdia aos homens que as maltraram e pede que eles encontrem a Deus.

"Na Bíblia, Deus diz que pode conversar com as pessoas, mesmo em seus sonhos. Eu oro para que esses homens encontrem a Deus, sejam perdoados e parem de fazer o que estão fazendo", finaliza.


com informações da Portas Abertas

 

 

veja também