Paquistão: Polícia espalha falsa notícia de cristão morto na prisão

A notícia verdadeira é que Bhatti foi espancado e ameaçado várias vezes na prisão, mas ainda está vivo

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 3 Outubro de 2014 as 6:59

PaquistãoA família do cristão Zafar Bhatti, do Paquistão, disse ter sido chamada pela polícia na semana passada para receber a notícia de que ele havia sido morto por um policial na prisão.

Mas a notícia verdadeira é que Bhatti foi espancado e ameaçado várias vezes na prisão, mas ainda está vivo e foi visitado recentemente por sua família, após o boato de sua morte.

"Recebi um telefonema da polícia e eles me disseram que meu irmão tinha sido morto na prisão", Naureen Bhatti, irmã de Zafar Bhatti, disse à Asia News. Uma vez alertada, a família "correu para a prisão" para ver o corpo da vítima e descobrir como ele morreu; no entanto, agentes penitenciários os impediram de identificar o suposto corpo.

A falsa informação foi divulgada pela mídia nacional e internacional e a confirmação de que ele estava vivo foi feita segunda-feira.

O julgamento de Bhatti estava agendado para ontem, dia 2, mas a audiência foi cancelada. Ore por ele e pelos demais cristãos acusados falsamente de blasfêmia à espera de julgamento no Paquistão.


com informações da Portas Abertas

 

 

veja também