Pastor celebra batismos de 56 presos em dois dias: "Eles podem ser livres em Cristo"

Desde que começou o ministério de visitação em igrejas, no ano de 2012, o pastor Ken Lake e sua equipe já batizaram mais de 319 detentos, nos Estados Unidos.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2016 as 10:36

Mais de 319 homens já foram batizados pelo ministério de visitação de presídios da Igreja Transformation. (Foto: Reuters)
Mais de 319 homens já foram batizados pelo ministério de visitação de presídios da Igreja Transformation. (Foto: Reuters)

O pastor da igreja "Transformation", na Carolina do Sul, Derwin Gray divulgou e celebrou em seu perfil do Twitter, no último sábado (23), a notícia de que 20 presidiários foram batizados no Instituto Reformatório Lee, em Bishopville.

Derwin, que já atuou como jogador de futebol americano profissional para times como o 'Indianapolis Colts' e o 'Carolina Panthers' twittou para os seus mais de 22.000 seguidores: "Nós batizamos 20 homens pela @TCTransformers [perfil oficial da igreja] na Prisão Lee hoje. Foi um belo momento com os homens".

Líder do ministério de evangelismo nas prisões da 'Transformation', o pastor Ken Lake confirmou que o pastor Gray e nove funcionários da prisão visitaram o reformatório dos homens para a realização de todos os 20 batismos naquele sábado.

Ele compartilhou algumas das reações dos homens depois que saíram da água, os quais diziam que se sentiam "livres e animados, descobrindo sua identidade em Cristo. Muitos deles abraçaram o Pastor Derwin ao sair da água".

No que diz respeito à logística, Lake disse: "Nós restringimos os batismos à área da capela e eles têm uma pia batismal normal (banheira de grandes dimensões)".

Lake informou que, na noite anterior, o ministério também visitou o Instituto Reformatório 'Kershaw' e batizou 36 homens, totalizando um final de semana com 56 batismos.

"Nós dizemos a eles em uma base regular, que sua localização física (prisão) não os define", disse Lake ao Christian Post.

"Eles podem ser livres em Cristo (definidos pela sua identidade em Cristo) e no fogo atrás das grades. Muitas pessoas que não estão encarceradas são escravas de vícios e não experimentam a liberdade".

Ele acrescentou: "Desde que começamos o ministério nas prisões em 2012, nós já batizados 319 homens".

A igreja 'Transformation' realiza cultos em quatro prisões da Carolina do Sul, "com o propósito de construir relacionamentos, enquanto os presos participam desses momentos e se conectam com grupos da igreja no local.

"Os presos são valorizados com sua verdadeira identidade, que não está na sua integridade física ou localização, mas na sua posição espiritual em Cristo", afirma o site da igreja.

veja também