Pastor faz campanha para construir casa de família carente, na periferia do RJ

O pastor Edimilson conta que a família morava em um barraco com três pequenos cômodos. A construção tem previsão para terminar no final de junho.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Quinta-feira, 27 Abril de 2017 as 11:57

Os voluntários aproveitaram uma parte vazia do terreno onde a família mora. (Foto: ASN).
Os voluntários aproveitaram uma parte vazia do terreno onde a família mora. (Foto: ASN).

Uma organização cristã está fazendo a diferença na periferia de Petrópolis, Rio de Janeiro. Após perceberem que uma família estava em péssimas condições de moradia, eles decidiram colaborar, desde a doação de material, até a construção do novo local. A iniciativa tem mudado a rotina dos alunos e servidores do Instituto Petropolitano Adventista de Ensino (Ipae), que fica na Região Serrana do Rio.

O trabalho teve início no ano passado e desde então, eles estão dedicando tempo e esforço físico para concluir a construção da casa. A família beneficiada é carente e vive na periferia. Os voluntários estão usando materiais doados por diversas pessoas. Eles se encontram uma vez por semana no bairro Cascatinha para aos poucos finalizar a construção.

A iniciativa começou em 2016, quando a instituição tomou conhecimento da situação em que a família carente estava vivendo. Para que a colaboração fosse mais efetiva, a instituição entrou em contato com outros servidores que decidiram contribuir de alguma forma.

“Ficamos sabendo que estavam vivendo em um barraco divido em três cômodos muito pequenos. Era uma situação de pobreza extrema”, lembra Edimilson Possemoser, pastor, professor e um dos líderes do projeto.

Hora da ação!

Após definirem como fariam a boa ação, eles começaram a aproveitar uma parte vazia do terreno onde a família mora. Os voluntários decidiram arrecadar materiais de construção para começar o processo de construção. Com isso, outros servidores da instituição e fiéis do templo que funciona dentro do ambiente escolar se uniram para fazer uma doação financeira para a missão.

“Nós também tivemos a ajuda de um grupo de pedreiros que está trabalhando na construção de uma igreja em outro bairro. Eles têm dedicado alguns domingos para colaborar com sua força de trabalho no nosso projeto”, disse o pastor.

Nesse momento, os alunos ficaram sabendo do trabalho realizado e quiseram ajudar também. “Os estudantes decidiram doar e colaborar com a construção. Só a turma do oitavo ano, por exemplo, doou 20 sacos de cimento”, pontuou.  O pastor também ressalta o interesse dos discentes em colaborar trabalhando no desenvolvimento do projeto.

“O projeto tem acontecido em alguns domingos. Hoje a dificuldade é levar os alunos até o local porque praticamente todos querem ir. Eles estão bastante empenhados em ajudar”, garantiu. Edimilson ainda disse que a previsão é que a nova casa fique pronta no final de junho. E quando a construção terminar, já existem planos para mobiliar a casa.

veja também