Pastores são alvos de cartéis mexicanos para extorsão das igrejas

Taxa de permissão também está sendo cobrada para que cultos sejam realizados

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 17 Dezembro de 2014 as 1:31

MéxicoLíderes religiosos e membros de igrejas cristãs são alvos de sequestros para fim de extorsão pelos cartéis do tráfico mexicano. O preço do resgate é exigido de líderes das igrejas que se sentem à mercê do crime organizado.

Em conjunto, a Conferência Episcopal do México e da Fraternidade das Igrejas Evangélicas divulgaram um comunicado sobre os acontecimentos.

Os cartéis também exigem uma 'taxa de permissão' para a realização de cultos e missas. Sem o pagamento, as cerimônias e celebrações religiosas não podem acontecer. Os que enfrentam a proibição acabam fugindo de tiroteio.

Na província de Michoacan, por exemplo, os cartéis exigiram dinheiro para permitir a realização de uma tradicional festa religiosa. Em Tamaulipas, as missas foram suspensas para evitar promessas de ataques contra sacerdotes e fiéis.

Devido à guerra contra o tráfico de drogas, a perseguição aos cristãos têm aumentado. Só nesse ano, um plano de combate às drogas do governo mexicano deixou mais de 28 mil mortos. Mais de 70% das vítimas não tinham nenhuma ligação com o tráfico de drogas ou outra atividade criminosa e, desses, grande parte era cristã.


com informações da Portas Abertas

 

 

veja também