Por blasfêmia, Tribunal confirma condenação de cristã paquistanesa à morte

Advogado afirmou que a justiça paquistanesa “está cada vez mais nas mãos dos extremistas”

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 17 Outubro de 2014 as 9:40

Asia BibiNesta quinta-feira, 16 de outubro, o tribunal de recurso em Lahore, no Paquistão, confirmou a condenação à morte da cristã Asia Bibi, acusada de blasfêmia.

A paquistanesa está detida desde 2009 com base na Constituição que estabelece o islamismo como a religião do Estado.

“O juiz sustentou que as acusações das duas mulheres muçulmanas (duas irmãs) que foram testemunhas da suposta blasfêmia cometida por Asia são válidas e acreditáveis. Trata-se das mulheres com as quais Asia teve uma discussão e da qual surgiu o caso”, disse Naeem Shakir, advogado de Asia.

Na defesa, o advogado procurou mostrar indícios de depoimentos falsos, mas o recurso foi rejeitado pelo juiz. Shakir afirmou que a justiça paquistanesa “está cada vez mais nas mãos dos extremistas” e anunciou que irá apresentar um novo recurso ao Supremo Tribunal.

Asia Bibi foi condenada à morte por enforcamento em novembro de 2010. Os apelos à libertação foram insuficientes, feitos pelo governador Salman Taseer e o ministro cristão das Minorias, Shahbaz Bhatti, ambos assassinados após se envolverem no caso.


com informações da Portas Abertas

 

veja também