Portas Abertas prepara geração de jovens para enfrentar perseguição religiosa

Projetado para expandir-se em todo o país, o projeto visa preparar esta geração de jovens, que enfrenta pressão diária para defender sua fé

fonte: Portas Abertas

Atualizado: Sexta-feira, 1 Agosto de 2014 as 2:23

Egito_jovensHá alguns meses, Yusuf, um garoto cristão de doze anos, olhava desesperadamente para seus colegas de classe, ao seu redor, na escola em Minya, localizada no Alto Egito. Os outros meninos o insultavam e assediavam, zombando dele por causa de sua crença no que chamavam de Bíblia "corrupta". Por fim, Yusuf escapou da escola em meio a lágrimas e soluços. Ao chegar a sua casa, sentiu-se tão humilhado e derrotado que rasgou sua Bíblia em frustração furiosa.

É comum cristãos egípcios de todas as idades enfrentarem ataques contra os fundamentos de sua fé. São confrontados com mentiras hostis sobre suas crenças cristãs na mídia. Muitas vezes, são forçados a ouvir ataques difundidos publicamente pelos alto-falantes dos minaretes das mesquitas, que colocam em dúvida deliberadamente a teologia cristã em todo o país.

Seja andando pelas ruas ou dentro de transportes públicos, os cristãos são frequentemente atingidos por gravações de áudio do Alcorão ou discursos de pregadores famosos islâmicos zombando de questões da fé cristã: "A Bíblia não é a Palavra de Deus", argumentam. "Jesus não foi crucificado e Deus não pode ser uma trindade".

Crianças como Yusuf sofrem muitas retaliações. Seja na escola com seus colegas ou mesmo com seus vizinhos, são ridicularizadas sem cessar por suas convicções cristãs, não lhes sendo concedido o direito de resposta ou de defesa de suas crenças.

"Eu sei e não tenho medo" é um programa apologético criado em 2012 para ensinar aos cristãos como responder às acusações mais comuns e às falsas alegações sobre a fé cristã que enfrentam todos os dias. Projetado para expandir-se em todo o país, o projeto visa preparar esta geração de jovens, que enfrenta pressão diária para defender sua fé. O programa inclui um material com orientações sobre como sobreviver em meio às dificuldades, bem como um curso de conscientização sobre os direitos civis.

Pedido de oração

* Ore para que esta iniciativa impacte a vida de jovens cristãos como Yusuf, de forma que possam permanecer firmes diante da perseguição.

* Nomes, fotos e outras informações foram alterados por motivos de segurança.

veja também