Pressionada por grupos armados ilegais, família cristã se separa em busca de segurança

Casal é subornado para que os filhos sejam levados por guerrilheiros

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 24 Outubro de 2014 as 4:21

ColômbiaJaime* e Ana* são líderes de uma igreja na Colômbia, localizada na vola de Choapal, região de Guaviare.

O casal tem dois filhos: Eduardo* e Lucia*, de 14 e 13 anos de idade. Os adolescentes estão abrigados no centro infantil da Missão Portas Abertas para não serem recrutados por grupos armados ilegais da região.

Entre os guerrilheiros, a prática de recrutar jovens é comum. Isso é algo que atrapalha a propagação do evangelho no local, pois as ameaças às crianças cristãs pressiona os líderes e pastores.

Jaime e Ana já foram muito pressionados para que Eduardo e Lucia fossem levados. Os guerrilheiros faziam diversas visitas e até ofereciam dinheiro para suborná-los.

Após terem se mudado, os adolescentes foram para casa em junho para passar as férias, mas logo foram visitados por dois guerrilheiros e interrogados sobre não morarem mais na região.

Jaime e Ana disseram que eles haviam ido estudar na casa de familiares, mas após o susto, o casal já pensa em unir a família para deixar a região.

Onde Jaime e Ana vivem, o grupo armado ilegal fechou 12 igrejas e muitos pastores e líderes foram ameaçados e deslocados. Eles temem que isso aconteça com eles também.

Pedidos de oração

. Ore pela segurança do casal, para que, se decidirem sair, eles sejam capazes de começar um novo ministério em novo local.
. Interceda também para que o coração deles seja curado.
. Peça a Deus que tranquilize Eduardo e Lucia, pois apesar de sentir alegria de ter um lugar para se refugiar, eles não queriam deixar sua família e pertences para trás.
. Louve a Deus pela possibilidade de Jaime e Ana levarem seus filhos com segurança ao centro infantil.

*Nomes alterados por motivos de segurança.


com informações da Portas Abertas

veja também