Príncipe Charles faz doação aos cristãos perseguidos após reunião com refugiados

O valor, que não foi revelado, foi entregue através da Fundação Prince of Wales para a organização Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

fonte: Guiame, com informações de Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 12 Janeiro de 2016 as 11:41

Esta não é a primeira vez que o Príncipe apoia cristãos perseguidos. (Foto: Reprodução)
Esta não é a primeira vez que o Príncipe apoia cristãos perseguidos. (Foto: Reprodução)

O Príncipe britânico Charles fez uma doação em dinheiro aos cristãos perseguidos depois de se encontrar com vários refugiados iraquianos e sírios.

O valor, que não foi revelado, foi entregue através da Fundação Prince of Wales para a organização Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

Durante um evento da organização, que reuniu cristãos sírios e iraquianos que fugiram da perseguição, o Príncipe fez um discurso alertando que a crise crescente do extremismo poderia ameaçar "a própria existência do cristianismo na terra de seu nascimento".

Neville Kyrke-Smith, diretor nacional da AIS do Reino Unido, agradeceu ao Príncipe por sua doação e disse que o ato poderia ter um grande impacto.

Eu sei o quanto essa ajuda significa — o fato de que nossos irmãos e irmãs não foram esquecidos", disse ele. “O apoio do príncipe de Gales para o trabalho da Ajuda à Igreja que Sofre e outras organizações incentiva mais pessoas a fazer o mesmo."

Esta não é a primeira vez que o Príncipe apoia cristãos perseguidos. Ele já havia doado o que foi descrito como um "pequeno sinal de assistência" à AIS, e tem regularmente falado da ameaça que o cristianismo enfrenta no Oriente Médio.

No ano passado, a AIS do Reino Unido transferiu mais de £ 1,5 milhões aos projetos no Oriente Médio, incluindo o Iraque e a Síria, onde a organização tem 140 projetos.

veja também