Quatro crianças são mortas depois de igreja ser explodida pelo Estado Islâmico

Desde que o EI assumiu Mosul, a segunda maior cidade do Iraque, pelo menos 74 crianças foram mortas. Nesse período, que se estende por mais de um ano, o grupo também tem explodido dezenas de igrejas e mesquitas xiitas.

fonte: Guiame, com informações de Breitbart

Atualizado: Sexta-feira, 10 Julho de 2015 as 3:18

O Estado Islâmico explodiu uma igreja histórica em Mosul, norte do Iraque, nesta segunda-feira (6).
O Estado Islâmico explodiu uma igreja histórica em Mosul, norte do Iraque, nesta segunda-feira (6).

 

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) explodiu uma igreja histórica em Mosul, norte do Iraque, nesta segunda-feira (6). No processo de demolição da igreja, os terroristas também matou quatro crianças.

Saeed Mamuzini, um porta-voz do Partido Democrático do Curdistão (PDK), em Mosul, disse que as crianças foram mortas devido à sua proximidade com a explosão, segundo publicou o site de notícias Rudaw. 

Desde que o EI, que se considera sunita, assumiu Mosul, a segunda maior cidade do Iraque, pelo menos 74 crianças foram mortas. Nesse período, que se estende por mais de um ano, o grupo também tem explodido dezenas de igrejas e mesquitas xiitas.

Em julho do ano passado, o grupo terrorista destruiu uma igreja cristã assíria de 1.800 anos de existência em Mosul, bem como o túmulo do profeta Jonas.

Atualmente, muçulmanos em todo o mundo estão comemorando o Ramadã – o que significa ataques mais intensos na visão do Estado Islâmico.

veja também