Sobre caminho e destino

Se permanecermos nO Caminho, todas as dimensões de nossa vida chegarão onde precisam chegar

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 10 Outubro de 2014 as 2:24

caminhoTenho dito que o evangelho não é sobre chegar, é sobre permanecer no caminho. Em João 14:5, Tomé demonstra preocupação com o destino: "Mestre, se não sabemos onde vamos, como saberemos o caminho?". Jesus responde de forma contundente: "Eu sou caminho..." (v.6).

Nossa geração tem sido programada para cumprir metas e atingir objetivos. Os bestsellers vendidos nos aeroportos focam sempre nisso. Ou seja, precisamos necessariamente CHEGAR a algum lugar. Nossas igrejas têm que atingir uma quantidade impressionante de membros para que nosso ministério alcance respeitabilidade. Ou seja, precisamos CHEGAR ministerialmente. Em outros casos, precisamos CHEGAR profissionalmente. No que tange à família, precisamos CHEGAR ao status de entregar nossos filhos à sociedade como cidadãos de bem e que sejam profissionais irretocáveis em suas vocações. Sem contar que, em termos de salvação, precisamos CHEGAR ao céu, e em muitos casos nos é proposto que, ao atender um apelo em meio à multidão, seremos quase que "teleportados" para lá.

Porém, ao dizer "Eu sou o caminho", Jesus se apresenta como processo. Jesus assume sua gradualidade: a proposta é que se continue no caminho. Se Ele for o caminho, o destino será sempre o mais seguro. Se permanecermos nO Caminho, todas as dimensões de nossa vida chegarão onde precisam chegar. E seremos tudo o que precisamos ser. Nem mais, nem menos. Simplesmente tudo.

Não se chega sem percorrer. Não há terra prometida sem deserto. Nas palavras do poeta, "sem o esforço da busca é impossível a alegria do encontro".


- Mario Freitas
Presidente da MAIS (Missão em Apoio à Igreja Sofredora)

 

veja também