"Sou prisioneiro de Cristo", afirmou missionário brasileiro durante prisão em Senegal

"Meu juiz é Deus, quando chegar sua hora Ele nos tirará daqui, e quero sair com o sentimento de que fui fiel ao Senhor enquanto aqui passei"

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 21 Novembro de 2014 as 3:24

cartaMissionário brasileiro, José Dilson saiu do país para fazer missões em Senegal, na África Ocidental.

Por causa do evangelho, José Dilson foi detido e levado à prisão de Thiés, no Senegal. Lá, ele viveu experiências de ser um testemunho a outros presos e de compartilhar a Palavra de Deus.

Em carta, escrita enquanto ainda estava preso, o missionário descreve algumas dessas experiências

Queridos irmãos,

Deus é grande e misericordioso, Ele não muda ou deixa de ser o que é, por causa do problema ou as dificuldades que eu possa estar vivendo. As circunstâncias da vida, por mais difíceis que sejam, não diminuem a glória ou a bondade de Deus. Eu não posso, de forma alguma tirar os olhos e a confiança no meu Senhor – estou com meus olhos fixos, esperando nEle.

Já são duas horas da madrugada, e não estou conseguindo dormir, todas as noites são assim quentes, sem espaço para me virar, desconfortáveis ao extremo. Com tudo isso, sei que Jesus está ao meu lado e isso me conforta. Vejo meus colegas todos dormindo e fico imaginando que Jesus quer ter um tempo comigo para a gente conversar um pouco, são nesses momentos que tenho liberdade de falar um pouco das minhas frustrações, das minhas angústias, dos meus temores - que amigo querido, como o amo!

Passo nessas noites batalhas que não podem imaginar. Sinto a presença também do inimigo muito perto, soprando em meus ouvidos, dizendo que Deus não se importa comigo. Que luta eu travo contra a auto-piedade, contra o sentimento de desespero, de solidão, de injustica, de raiva e tantos outros que tentam se apoderar de mim. Essa batalha mental repreendo em nome de Jesus, no nome daquele que derramou até a última gota de sangue por minha causa. Ele é infinitamente bom e sua misericórdia dura para sempre !

As batalhas são travadas não somente à noite, mas também durante o dia. É preciso ter muita coragem, ao mesmo tempo humildade e sobretudo graça do Senhor para resistir as afrontas, as humilhações, arrogância e desrespeito. Há algum tempo atrás, um senhor, muçulmano veio até mim, e começou a me humilhar dizendo : "Você não é nada, você não sabe nada, e tudo que você ensina não vale absolutamente nada, você é menos que o dedinho do pé de qualquer um aqui", e assim continuou a me humilhar , me humilhar e me humilhar. Falou muitas palavras duras e terríveis. Eu só lhe dizia : Sim, pode continuar. Sim, sim, estou ouvindo. Continue ! E ele se empolgou e falou mais um monte de coisas tentando me afundar em seu inferno de palavras, após um breve silêncio, perguntei: Acabou? Não quer dizer mais nada? Posso falar agora? Com voz dura falou : Fale ! Esperando também em troca exaltação e arrogância. Comecei então dizendo : Você tem razão, eu não sou nada mesmo, sou menos que um grãozinho de areia suja, sou pó, sou verme, sou trapo de imundície, sou um cão morto, e quase chorando acrescentei : mas eu quero te apresentar a alguém que era tudo, era o criador do Universo, cheio de glória, o Senhor soberano, que apesar de tudo isso me amou de tal maneira que entregou sua vida para ser escarnecido, rasgado e derramou seu sangue por minha causa. Mas não foi somente por mim, foi por você também, você é importante pra ele e Ele te ama, ele morreu pelos teus pecados e rescussitou para que você passasse a viver a vida eterna.

Esse homem, ao me ouvir falar assim, foi como se tomasse um choque de 50 mil volts. Ele não esperava esta reação. Esperava que eu reagisse a altura. No entanto, com voz baixa agora me disse : "Tenho te observado e acompanho teus movimentos por mais de um mês. Fui enviado para te testar, para ver se você realmente era um homem de Deus. E posso dizer que você é este homem de Deus que todos falam, pois o homem de Deus , quando é humilhado, Deus lhe exalta. A partir de hoje você tem o meu respeito!". Fiquei estarrecido ao ouvir este homem citar a Palavra de Deus ! Agora ele é um dos meus melhores amigos, não se converteu mas nunca mais se opôs em nenhum momento quando compartilho a Palavra.

Meus queridos, irmãos e irmãs, quero dizer que sua vida está escondida em Jesus, não importa onde você está e qual a circunstância pela qual você está passando. Você pode estar sendo humilhado, incompreendido, triste, angustiado, enfermo, em necessidades diversas, eu quero te encorajar neste dia "lance sobre ele a tua ansiedade pois ele tem cuidado de ti."

Nao deixe o inimigo levar glória nenhuma, o Senhor está presente, ainda que não resolva o seu problema como você desejaria. Ele te dará a graça para suportar e ser mais que vencedor.

Há alguns dias atrás um outro companheiro, a quem tenho ministrado desde que entrei na prisão, me perguntou : "Como faço pra ser protestante?" Eu respondi : "Bom, vou te responder a essa pergunta de maneira diferente, vou imaginar que você está me perguntando como faço pra receber Jesus em meu coração e me converter a ele?" Lhe mostrei então alguns versos da Bíblia, especialmente Rom. 3 :23 -6 :23 ;10 :9-10, e falei-lhe da queda no paraíso, da condenação e morte eterna, como resultados. E o plano de redenção através de Jesus e seu sacrifício na cruz. Falei-lhe que para ser protestante é preciso crer em Jesus e obedecê-lo, e dentre muitas outras coisas eu lhe perguntei : Você quer entregar a Jesus a sua vida, e passar a ser um disciípulo dele, crendo e obedecendo-lhe ? E ele respondeu: "Quero", quero dar-lhe toda a minha vida, quero viver para Ele. Este senhor é um francês de 55 anos. O Senhor tem me dado oportunidade para compartilhar do Seu amor com um público diversificado : católicos, ateus, muçulmanos, cristãos. Aleluia !

Temos que lembrar que nossa vida pertence a Cristo, e como nosso dono e Senhor, tem o direito de nos utilizar da maneira como quiser, e mesmo nos levar onde desejar para realizar a sua perfeita vontade. Ele é Deus, o criador. Vivemos, nos movemos e existimos por Ele e por meio dEle. Que privilégio ser escolhido por Ele para estar neste lugar e neste momento, para poder ser seus braços, seus pés, sua boca, para abraçar , socorrer e mostrar o caminho a tantos aqui, que além de presos, passam por tantas necessidades em todas as áreas imagináveis.

Quero agradecer a todos os meus irmãos e irmãs, que tem estado comigo nesta prisão. Digo de todo o coração que meu maior desejo era sair daqui e estar com aqueles que amo, porém tenho orado a oração de Maria: "Cumpra-se em mim, Senhor a tua vontade." E se esta é a sua vontade, que eu permaneça na prisão mais algum tempo, para levar a liberadade aos que de fato estao cativos, fisica e espiritualmente, que assim seja. Ele me dará graças para suportar como tem dado até este momento, como também dará graças aos irmãos para continuarem a nos dar o suporte necessário.

Choro e lamento estar preso, pois gostaria de estar com minha família, minha esposa, meus filhos, a quem amo profundamente. A liberdade não tem preço. Meu Deus, como é preciosa ! Tive-a tantos anos de minha vida, e não sabia o quanto era importante, como eu deveria ter aproveitado para gastar mais tempo com pessoas que eu amava. Mas ao mesmo tempo me regozijo pelo fato de estar preso por causa do Evangelho.

Depois da cariacao com o suposto advogado que haviamos contratado, o juiz me disse : "Meu trabalho está concluído, somente está pendente o fato de você ter convertido crianças (menores)." Todas as outras acusações caíram por terra, o próprio juiz disse que não somos formadores de quadrilha e nos inocentou de toda a acusação do inimigo. Falou pra Zeneide que estava presa injustamente.

Isso vem confirmar o que sempre digo, que sou prisioneiro de Cristo, e o meu juiz é Deus, quando chegar sua hora Ele nos tirará daqui, e quero sair com o sentimento de que fui fiel ao Senhor enquanto aqui passei.

As dores, necessidades, enfermidades, desconforto, nostalgia, lágrimas, enfim tudo isso será recompensado quando apertarmos a mão de centenas de pessoas lá na glória. Quando fui ajudar a fazer o enterro do Amadu(um liberiano cristão que faleceu aqui na prisão no dia do Natal) pensei : "Um dia irei abraçá-lo lá na glória, e juntos louvaremos ao Senhor pela Sua salvação." Glórias sejam dadas ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a quem temos o privilégio de servir !

Agradeço por cada e-mail e mensagem de encorajamento, postagens no facebook, contribuições, orações, reuniões de intercessões, etc. Somente Deus poderá recompensá-los.

Amo vocês, amigos e amigas, e mesmo os que dantes não conhecia, mas que agora fazem parte das nossas vidas, que tem demonstrado carinho e tanto amor por mim e também pela irmã Zeneide, bem como a Marli(minha amada esposa) e minha família(Jônatas, Débora e Zucki). Que o Senhor continue a derramar bençãos sobre as vossas vidas.

 

O prisioneiro de Cristo,

José Dilson.

veja também