Sudanesa Meriam é acusada de falsificar documentos

A embaixada do Sudão do Sul em Cartum disse que os documentos de viagem são verdadeiros

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 26 Junho de 2014 as 11:31

MeriamNa terça-feira, 24 de junho, a sudanesa cristã Meriam Ibrahim foi retida no aeroporto de Cartum, no Sudão, ao tentar deixar o país e embarcar com a família para os Estados Unidos.

A sudanesa estava com documentos de viagem de emergência emitidos pelo Sudão do Sul e foi acusada de falsificar documentos para deixar o país, disse seu advogado à BBC.

A embaixada do Sudão do Sul em Cartum disse que os documentos de viagem são verdadeiros. O marido dela, Daniel Wani, é cristão de origem do Sudão do Sul e cidadão americano. Os EUA disseram estar trabalhando para a libertação de Meriam.


com informações da Portas Abertas

 

veja também