Uma questão de perspectiva

Quando alguém inverte a questão...

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Terça-feira, 10 Junho de 2014 as 10:38

bom samaritano

"Eu me lembro quando estive pela primeira vez em Jerusalém com minha esposa. Alugamos um carro e eu dirigi de Jerusalém a Jericó.

Me lembro que assim que chegamos àquela estrada, eu disse a ela: '"eu sei porque Jesus escolheu essa estrada como cenário de uma de suas parábolas." É uma estrada sinuosa, cheia de curvas. Um lugar perfeito para uma emboscada...É uma estrada perigosa. Nos dias de Jesus era conhecida como a "passagem sangrenta".

E, você sabe, é bem possível que o sacerdote e o levita ao olharem aquele homem estendido no chão logo pensaram se os ladrões ainda não poderiam estar por perto. Ou também é possível que eles pensaram que o homem no chão estava apenas fingindo. E ele estava se fazendo passar por alguém que havia sido roubado e ferido, porque o que ele queria era atraí-los àquele local para pegá-los numa armadilha onde eles seriam presas fáceis.

Então, eu acho que a primeira pergunta que o sacerdote e o levita fizeram foi: "se eu parar para ajudar esse homem, o que vai acontecer comigo?".

Aí chega o Bom Samaritano. E ele inverte a questão: "se eu não parar para ajudar esse homem, o que vai acontecer com ele?".


[Martin Luther KIng Jr, "I've been to the Mountaintop" -- trecho de sua fala em abril de 1968]
via Carlos Alberto Bezerra Jr.

 

veja também