Vídeo mostra militantes do Estado Islâmico destruindo peças de museu no Iraque

Homem não identificado justifica que o profeta os ordenou a acabar com as estátuas

fonte: Guiame, com informações da Reuters/G1

Atualizado: Sexta-feira, 27 Fevereiro de 2015 as 9:46

Estado Islâmico destruindo museu em Mossul
Estado Islâmico destruindo museu em Mossul

Um museu em Mosul, no Iraque, teve uma coleção de estátuas e esculturas destruídas por jihadistas do Estado Islâmico.

Na internet foi publicado um vídeo que mostra os militantes atacando os artefatos com marretas e furadeiras. Alguns dos objetos foram identificados como antiguidades do século 7 a.C.

Um homem não identificado justifica a ação no vídeo: “O profeta nos ordenou a nos livrarmos de estátuas e relíquias, e seus companheiros fizeram o mesmo quando conquistaram países depois dele.”

A arqueologista iraquiana e membro associado do Instituto de Arqueologia, Lamia al-Gailani, diz que o dano é incalculável.

“Não é só a herança do Iraque, é do mundo todo. É a herança humana (...) “As peças são inestimáveis, únicas. É inacreditável. Não quero mais ser iraquiana", disse ela.

Assista ao vídeo: http://www.liveleak.com/view?i=467_1424956330

 

.

veja também