"Agora, todos os israelenses são alvos", segundo ala militar do Hamas

Segundo as forças armadas de Israel 15 foguetes foram interceptados nesta quarta-feira, incluindo oito sobre Tel Aviv, Ashkelon e Ashdod.

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 10 Julho de 2014 as 9:58

"Agora, todos os israelenses são alvos", segundo ala militar do HamasNa última quarta-feira, 08/07, militantes palestinos dispararam mais foguetes contra cidades israelenses após o exército de Israel ter realizado ataques aéreos durante a noite na Faixa de Gaza.

Segundo as forças armadas de Israel 15 foguetes foram interceptados nesta quarta-feira, incluindo oito sobre Tel Aviv, Ashkelon e Ashdod.

Relatórios do conflito na faixa de Gaza disseram que pelo menos oito pessoas foram mortas nos últimos ataques aéreos israelenses.

Oficiais da missão em Gaza dizem 35 palestinos já morreram nos últimos hostilidades, com 150 mais feridos.

A ala militar do Hamas alertou que agora, todos os israelenses são alvos. Israel disse que vai expandir a sua campanha contra o Hamas.

Alto preço
O exército de Israel disse ter realizado 129 ataques aéreos na Faixa de Gaza, na última quarta-feira, tendo como alvo principalmente túneis e bases de lançamento de foguetes.

Já subiu para 550 o número de locais atacados em Gaza como parte da "Operação Borda de proteção", incluindo 31 túneis e 60 lançadores de foguetes.

Os militares israelitas confirmaram mais cedo que tinham como alvo 118 lançadores de foguetes escondidos, 10 centros de comando e controle do Hamas e 10 túneis em ataques durante a noite.

Segundo o exército de Israel, 117 foguetes haviam atingido Israel na última terça-feira, com o sistema interceptor "Iron Dome" abatendo 20. Três foguetes caíram em torno de Jerusalém.

Intercessão
Cristãos em todo o mundo têm se levantado em oração pela paz em Israel nos últimos dias.

Com uma postagem em sua página oficial do Facebook, o pastor Davi Morgado tem pedido orações pela paz naquela região.

"Amados vamos orar pelos palestinos, israelense e principalmente todas as crianças desses países que entraram em guerra, #Paz #Ore #Compartilhe", escreveu.

Com informações da BBC

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também