"Algumas coisas não precisam de milagre, mas disciplina", diz pastor que enfrenta diabetes

John Gray disse que não adianta orar a Deus por um milagre quando você não cuida bem da sua saúde.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 26 Maio de 2017 as 12:07

O pastor ressaltou a importância da fé estar aliada a realidade. (Foto: Reprodução).
O pastor ressaltou a importância da fé estar aliada a realidade. (Foto: Reprodução).

John Gray é pastor da Igreja de Lakewood. Recentemente ele abriu o coração sobre a luta que têm enfrentado contra a diabetes e a importância de cuidar da saúde. Durante uma entrevista, o pastor e sua esposa foram questionados sobre um novo programa de TV que ele fará, mas acabou entrando num assunto delicado. Gray está enfrentando problemas com sua saúde e têm batalhado contra a diabetes.

"Eu acho que muitas vezes as pessoas que professam a fé cristã assumem de forma errada que tudo pode ir embora com uma oração. Há algumas coisas que não precisam de um milagre, elas precisam é de disciplina. Então a diabetes é um convite à disciplina. É algo que eu posso mudar na minha vida, que eu posso controlar", disse ele.

Gray continuou explicando que uma coisa é clamar a Deus pela cura quando se está em real necessidade, mas outra coisa é pedir a Deus para ser curado quando você continua a comer mal e não cuida de si mesmo. "Você não pode pedir um milagre quando você têm a possibilidade de ser parte do milagre, tomando melhores decisões", disse ele.

Fé e realidade

O pastor também ressaltou a importância da fé estar aliada a realidade. "A diabetes é algo que realmente ataca fortemente a comunidade afro-americana sempre foi importante para mim ser honesto, porque muitas pessoas pensam que a fé está separada da realidade, mas a fé está tão ligada a humanidade", explicou.

"Eu quero que elas vejam pessoas normais confiando em um Deus sobrenatural. Que usamos qualquer dom que temos para que as pessoas saibam que Deus os ama, não importa onde elas estejam. Não importa quem elas sejam. Todo mundo têm igual valor e Jesus os ama, independentemente de quem essas pessoas sejam", disse Gray.

Em seu novo programa de TV, o pastor irá mostrar como ele e sua família afro-americana está construindo um legado nos Estados Unidos. "Eu tive que crescer para poder fazer algo e honrar minha mulher e mostrar aos meus filhos que nós precisamos de Deus", ressaltou.

veja também