Após 47 anos de dores, mulher testemunha cura: "Deus me tocou de uma forma única"

Jacquie sofreu um acidente quando jovem e passou a sentir fortes dores nas costas. Ela pensou que a dor iria embora sozinha, mas acabou passando 47 anos convivendo com o desconforto.

fonte: Guiame, com informações do CBN News

Atualizado: Quinta-feira, 30 Março de 2017 as 3:43

Jacquie afirma que hoje pode brincar com seus netos, sem se importar com dor alguma. (Foto: Reprodução).
Jacquie afirma que hoje pode brincar com seus netos, sem se importar com dor alguma. (Foto: Reprodução).

Já passou muito tempo, mas Jacquie ainda lembra como tudo aconteceu. Ela sofreu um acidente e depois disso seu corpo não foi o mesmo. Sentia fortes dores ao andar. "Eu tinha 20 anos quando estava indo para minha casa e um rapaz avançou o sinal e bateu na frente do meu carro. Eu fui arremessada contra a porta que se abriu e por isso eu caí no chão”, disse.

“Mas eu era jovem e saudável. Fui ao quiroprático e ele colocou meu corpo no lugar”, ressaltou. "Mas, quando eu caminhava ou fazia exercícios, eu sentia como se fosse uma punhalada debaixo do ombro direito. Eu pensei que a dor iria embora sozinha", confessou Jacquie.

"Por 47 anos eu lidei com essa dor, resultante do acidente de carro. Usei muitos pacotes de gelo e também costumava usar bolsas de água quente. Amava tomar medicações para aliviar as dores. Mas, nenhum dos remédios que eu tomei curou minha lesão, de fato", explicou.

"As dores foram piorando cada vez mais e elas foram ficando mais fortes. Chegou um tempo que eu já não podia mais brincar com meus netos, pegar eles e balançá-los. E era justamente isso que eles amavam", disse.

A cura

Jacquie lembra: "Um dia eu estava assistindo um programa de TV, o Clube 700. O pastor Gordon disse: 'Há uma pessoa com fortes dores agudas atrás do ombro direito e nas costas e na coluna. Você está experimentando isso agora. Essa dor irá embora. Você está sendo curada pelo sangue de Jesus Cristo'. Eu fiquei impressionada”, contou ela.

"E eu disse: 'Isso é exatamente o que está acontecendo comigo. Minha dor está sendo levada'. Eu levantei meus braços para cima, sendo que eu não podia fazer isso sem sentir uma forte dor debaixo do ombro direito. Aquela energia estava pulsando por todo o meu corpo e eu não tive nenhuma dor nessa área desde então", explanou.

"Eu posso brincar com meus netos agora. Eu posso balançá-los, pegá-los, lutar com eles. Qualquer coisa que eles querem que eu faça, eu posso fazer. Nós temos um ótimo tempo juntos", declarou.

Jacquie diz: "Quando ouvi o pastor Gordon dizer que Jesus queria curar alguém com uma dor aguda sob a omoplata, isso fez com que o que eu soubesse sobre Jesus fosse mais realista. Isso tornou tudo mais real porque Ele me tocou de uma maneira que ninguém mais poderia tocar", finalizou.

veja também